Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Menu

Tem dias que acordamos com vontade de mudar radicalmente o visual, mas aí bate aquela insegurança. Para isso, você sabe como colorir o cabelo temporariamente? A saída é ótima para testar um novo look sem correr o risco de passar meses com uma cor que não caiu tão bem ou inovar para algum evento especial.

Existem várias formas de fazer isso em casa mesmo. A seguir, explicamos as principais para que você possa experimentar sem medo de errar a mão na hora da aplicação.

Então, continue a leitura e já comece a pensar no próximo visual!

1. Tonalizante

Se você ainda está na fase de se perguntar como colorir o cabelo em casa, talvez não seja uma boa ideia começar com uma tintura mais duradoura. O tonalizante tem uma ótima cobertura e dura por semanas, dependendo da lavagem dos fios.

Outro ponto positivo é o brilho que um bom tonalizante proporciona após sua aplicação. Você pode encontrar o produto nos mais diversos tons, passando dos tradicionais até os mais ousados, como rosa pastel ou acinzentado.

Por não conter amônia, é uma opção saudável. No entanto, atente às instruções ou você corre o risco de acabar manchando o cabelo.

2. Spray

Quem não tem muita habilidade ou busca uma solução rápida e de curta duração pode investir em um bom spray. Existem dois tipos principais, que são uma mão na roda de qualquer mulher.

O primeiro deles é o spray para raiz. Ele surge como salva-vidas de quem esconde os fios brancos. Esteja você protelando uma ida ao salão ou evitando química, basta aplicar o spray a uma distância de 15 cm para garantir a cobertura, quase como uma maquiagem para o cabelo.

Ainda existe pouca variação de cor, mas não é difícil encontrar tons mais tradicionais, como loiro, castanho e preto.

Outro spray que chama atenção é aquele com tons fantasia, que fazem sucesso principalmente na época do Carnaval. Ambos saem na primeira lavagem.

3. Giz de cabelo

Quem quer inovar e deixar as pontas dos cabelos coloridas em tons fantasia, pode usar uma barrinha de giz pastel. Hoje em dia, existem opções específicas para o cabelo, que funcionam especialmente em quem já tem os fios loiros ou descoloridos.

Um resultado similar é obtido com o uso de pastéis secos, encontrados em lojas de materiais artísticos e algumas papelarias. Seu efeito pode durar até três dias sem lavar.

O segredo para trabalhar com o pastel é escolher aquele mais pigmentado. É por isso que giz de cera e giz de lousa não funcionam: suas partículas de cor são grandes demais para se fixar.

Para prolongar a duração da cor, após sua aplicação, finalize com o uso de chapinha ou babyliss. Se precisar de algum produto de acabamento, evite aqueles à base de água. Utilize spray fixador, de brilho ou um sérum.

4. Papel crepom

Com certeza você já ouviu falar ou, até mesmo, colocou em prática a técnica do papel crepom. Nos anos 80 e 90, a variedade disponível de produtos para pintar o cabelo era absurdamente menor. Por isso, quem queria abusar das cores fantasia precisava criar meios próprios.

Na teoria, é bem simples: basta cortar o papel na cor desejada em tiras, deixar em um recipiente com água e esperar até que o papel desbote. Então, usamos a água no cabelo e deixamos agir por uns 15 minutos.

Entretanto, já dizia o ditado: o barato sai caro: a técnica resseca o cabelo e o couro cabeludo. Além disso, os fios vão ficar manchados e, em alguns casos, é necessário recorrer ao cabeleireiro para corrigir a cor ou cortar a parte tingida.

Por isso, apesar de prática e barata, essa é uma das técnicas menos indicadas para quem deseja colorir os cabelos em casa.

Agora que você sabe como colorir o cabelo temporariamente, é só se jogar nas cores e estilos. Defina por quanto tempo quer que a mudança dure e descubra qual dessas técnicas se adapta melhor a suas escolhas.

Compartilhe o texto em suas redes sociais para ajudar as amigas que também não abrem mão das boas dicas para o visual!

[rock-convert-cta id=”3211″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *