fbpx
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

Entenda as diferenças entre cosméticos veganos e outros tipos

312900-entenda-as-diferencas-entre-cosmeticos-veganos-e-outros-tipos

Ultimamente, grande parte dos consumidores tem se interessado ainda mais pela origem dos produtos que consomem. Isso é muito positivo, pois significa que as pessoas estão se conscientizando sobre o que adquirem e os processos de fabricação. Entre os itens que estão em alta, os cosméticos veganos são os mais procurados.

Mas você sabe o que, de fato, são os produtos veganos? O veganismo se iniciou como um estilo de alimentação em que os adeptos deixavam de consumir itens de origem animal e passou a se estender a outras áreas da vida. 

Assim, para ser considerado vegano, tudo aquilo que tenha origem animal deve ser eliminado de alimentação, vestuário, produtos de maquiagemcabelo e qualquer outro tipo de consumo. A seguir, conheça um pouco mais sobre as opções de cosméticos para entender suas diferenças e não se enganar no momento da compra!

Cosméticos veganos

Como vimos, os produtos veganos não utilizam nada de origem animal. No entanto, podem ser usadas matérias-primas sintéticas para reproduzir ingredientes e substituir tais componentes. Desse modo, você pode encontrar cosméticos que sejam veganos, mas não naturais ou orgânicos.

Exemplo disso é a substituição da cera de abelha por derivados do petróleo, como vaselina e parafina. Ou seja: apesar de não ser extraído da vida animal, é prejudicial ao meio ambiente por se tratar de um material não biodegradável.

Produtos naturais

Para que seja considerado natural, esse tipo de produto precisa ter ao menos 95% de sua composição feita com matérias-primas naturais. O restante pode ser constituído por ingredientes orgânicos e sintéticos. Contudo, substâncias danosas e prejudiciais à saúde não devem fazer parte — entre elas, vale destacar:

  • parabenos;
  • silicone;
  • óleo mineral;
  • petrolatos;
  • mercúrio;
  • BHA e BHT;
  • triclosan.

O Brasil não tem legislações específicas sobre a concentração de matérias-primas sintéticas nos produtos. Por isso, para não correr o risco de ser enganado pelo marketing das marcas, o ideal é ler a lista de ingredientes na embalagem.

Biodinâmicos

Trata-se de mais um dos tipos de cosmético que respeita a natureza e seus ciclos. Para ser chamado de biodinâmico, as plantas usadas na fabricação crescem em seu próprio tempo, sem agrotóxicos ou qualquer interferência que altere o crescimento natural. 

Até mesmo as estações do ano e as fases da lua são respeitadas. Assim, os cosméticos são biodinâmicos, orgânicos e veganos.

Cruelty-free

Produtos que não fazem testes em animais durante a fabricação são chamados de cruelty-free, que significa “sem crueldade”. É comum a confusão entre itens veganos e cruelty-free, mas vale salientar que o fabricante pode não testar em animais e ainda assim utilizar matérias-primas de origem animal. Ou seja: são cruelty-free, mas não são veganos.

Orgânicos

Para receberem o selo de orgânicos, os produtos precisam passar por uma série de cuidados. Eles devem ser produzidos com matérias-primas naturais certificadas e que não agridam o meio ambiente, assim como ser livres de agentes químicos ou agrotóxicos. 

Quanto à formulação, não há regras claras para as quantidades de cada ingrediente. A concentração de orgânicos e naturais pode variar entre 30% a 95% da composição. Além disso, todos os itens proibidos nos produtos naturais também valem para os orgânicos.

Conhecendo os ingredientes e as matérias-primas, fica mais prático escolher o que comprar, não é? Diante da enorme quantidade de cosméticos veganos no mercado, ter atenção aos detalhes é fundamental. Com tantas opções, está bem mais fácil encontrar itens veganos, como a Linha Bruna Tavares — você vê isso e muito mais na LMGomes.

Confira outros produtos veganos, cruelty-free e muito mais na loja da LMGomes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *