Já ouviu falar na técnica Co-wash? Veja como fazer nos cabelos

co-wash

Você já ouviu falar em co-wash? Essa técnica de lavagem dos cabelos já fez a cabeça das cacheadas e crespas e tem ganhado cada dia mais fama. Mas, afinal, porque ela é tão interessante?

Alguns cabelos são naturalmente secos e, por isso, sofrem com a limpeza profunda proporcionada pelos shampoos tradicionais. O sulfato forte presente nesse tipo de produto pode danificar os fios e retirar, ainda mais, a oleosidade natural dos cabelos.

Nesse cenário, apostar no co-wash é uma forma de limpar suavemente as madeixas, mantendo-as sempre hidratadas. Quer conhecer mais sobre a técnica? Então continue a leitura!

O que é co-wash e para quem é indicado?

Co-wash é uma técnica de lavagem dos cabelos que não utiliza shampoo, apenas condicionadores. A limpeza é mais leve e não agride tanto os fios, preservando a oleosidade natural.

A técnica pode ser feita por todos os tipos de cabelos, sendo que, fios ressecados, quimicamente tratados, ondulados, cacheados e crespos são os mais beneficiados, conquistando resultados de hidratação e diminuição de frizz.

Quem tem fios muito oleosos deve ficar atento para os resultados e pode alternar as lavagens com um shampoo para conter o excesso de sebo. Já quem sofre com problemas no couro cabeludo, como seborreia, não deve optar pela técnica, que pode causar complicações no problema e, até mesmo, propiciar o surgimento de fungos.

Posso lavar com co-wash todos os dias?

Se você tem cabelos ressecados e uma rotina que exige a lavagem diária, como academia ou suor excessivo, pode se beneficiar muito com o co-wash, que mantem os fios limpos sem danificá-los.

Para quem deseja uma limpeza mais profunda, a dica é alternar a técnica com shampoos tradicionais ou sem sulfato ou, ainda, optar pelo uso do shampoo antirresíduos a cada 15 dias.

Como fazer o co-wash?

Para você aderir a técnica sem medo de errar, montamos um passo a passo simples de como realizar o co-wash:

  1. molhe os fios com água morna e retire o excesso de água;
  2. passe o condicionador na raiz e no comprimento, massageando o couro cabeludo com as pontas dos dedos para ativar a circulação e eliminar o excesso de óleo e resíduos;
  3. deixe agir por alguns segundos;
  4. enxague os fios, sem deixar excesso de condicionador;
  5. finalize os cabelos como de costume, com os cabelos úmidos.

Como escolher o produto certo?

Apesar do conceito da técnica consistir em lavar os cabelos com condicionador, essa substituição não é tão simples. Nem todos os condicionadores podem ser utilizados com esse propósito, por isso, a escolha do produto certo é muito importante para garantir bons resultados.

É preciso que o condicionador seja liberado de alguns componentes que se fixam no cabelo e só saem com sulfatos fortes, é o caso da parafina, dos silicones insolúveis e do petrolato. Além disso, o co-wash precisa ter em sua composição algum agente de limpeza, como o cocamidopropyl betaine.

Os finalizadores utilizados depois da lavagem também devem ser liberados para no poo, isso porque, você não conseguirá retirar os componentes insolúveis apenas com o condicionador.

O co-wash é uma técnica de limpeza dos cabelos menos agressiva do que o shampoo comum e é muito indicada para cabelos ressecados e danificados quimicamente. Escolhendo o produto certo e seguindo as restrições do método, é possível ter cabelos limpos, fortes e bonitos.

Já conhecia o co-wash? Compartilhe este post e ajude mais pessoas a conhecer a técnica. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *