Aprenda como fazer regeneração capilar em casa

regeneração capilar

Após fazer descolorações, alisamentos, tonalizações ou outras técnicas que danificam profundamente os fios, é preciso repor tudo o que foi perdido no processo, para que eles voltem a ser totalmente saudáveis. Esse procedimento minucioso, que necessita de disposição e bons produtos, é chamado de regeneração capilar.

Apesar do nome, tal método é realizado de fora para dentro, uma vez que o cabelo é um tecido morto, exceto pela parte da raiz.

Felizmente, na maioria dos casos em que os fios estão fragilizados e quebradiços, é possível regenerá-los completamente com alguns cuidados básicos, mas contínuos, para que voltem a ser como antes.

Ficou interessada em saber como fazer isso em casa e ter bons resultados? Continue acompanhando o texto para conferir o conteúdo que preparamos para você!

Quais os melhores produtos para a regeneração capilar?

A regeneração capilar deve ser realizada com produtos que contenham substâncias básicas para restaurar as madeixas. Essa técnica é semelhante a um cronograma capilar, no qual é preciso seguir uma ordem de cuidados para tornar os fios completos. É possível utilizar ambos os métodos para potencializar os efeitos. Entenda!

Invista em kits completos de tratamento

O mais indicado para quem quer recuperar a cabeleira profundamente, sem muito trabalho, é investir em conjuntos de tratamento próprios para esse processo. No mercado, não é difícil encontrar diversas linhas incríveis.

Um bom exemplo disso é o Itallian Extreme Up Hair Clinic, um kit de três passos, ideal para quem tem fios quimicamente tratados. Afinal, ele é repleto de nutrientes: D-Pantenol, proteína hidrolisada da seda, queratina hidrolisada, extrato de Aloe vera, entre outros que prometem um brilho sem igual!

Conheça as máscaras mais indicadas

Além das linhas de tratamento desenvolvidas especialmente para regeneração, essa mudança pode ser realizada escolhendo a dedo alguns bons produtos e máscaras de tratamento com as seguintes funções e componentes:

  • Hidratação: vitaminas, água e aminoácidos;
  • Reconstrução: queratina, creatina, arginina, cisteína e colágeno;
  • Nutrição: lipídios (óleo de coco, de argan, abacate e outros).

Recomendamos utilizar cada uma dessas opções de maneira intercalada, de acordo com o tipo de química que danificou o seu cabelo e do que ele necessita para ter a vitalidade anterior ou ainda maior!

Quais as melhores técnicas?

Caso opte por investir em boas máscaras separadamente, você pode seguir um cronograma capilar indicado para o grau de fragilidade dos fios ou criar uma rotina que intercale todos os nutrientes a cada lavagem. No final, não existe tanta diferença entre as técnicas, o importante é fazê-las da maneira correta.

O procedimento deve ser realizado sempre com atenção, para observar os sinais que suas madeixas dão e não exagerar em certas etapas. Vale respeitar as indicações de uso da embalagem do produto que estiver usando.

Além disso, não deixe de manter outros cuidados diários com o shampoo, a maneira que penteia os fios, a temperatura da água do banho etc.

Como fazê-la em casa?

Para quem não tem muito tempo para ir ao salão e prefere cuidar da cabeleira em casa, esse é um processo possível, basta seguir as instruções da embalagem do kit escolhido. Se preferir os itens separados, para ter cabelos saudáveis, você deve alternar os dias de hidratação, reconstrução e nutrição, como em um cronograma capilar.

Após definir quais etapas de cuidados seu cabelo mais necessita, chegou o momento de saber como realizar a tal da regeneração capilar sozinha. Confira nosso passo a passo completo:

  1. No banho, molhe a cabeça normalmente;
  2. Aplique uma ou duas vezes o shampoo desejado ou o kit para realizar a limpeza;
  3. Enxágue para retirar toda a espuma;
  4. Seque o excesso de água com auxílio de uma toalha;
  5. Separe os fios em cerca de quatro partes e comece a aplicação do item escolhido para o dia;
  6. Massageie mecha por mecha, sem deixar que o creme chegue muito próximo da raiz;
  7. Faça um coque baixo e o cubra com uma touca própria;
  8. Deixe a máscara agir pelo tempo indicado na embalagem do produto;
  9. Enxágue bem e aplique o condicionador;
  10. Retire todo e qualquer resíduo dos cosméticos usados;
  11. Penteie os fios e finalize como preferir, sem esquecer de usar óleos reparadores ou leave-ins;
  12. Repita o processo a cada dia de lavagem até que as madeixas estejam completamente recuperadas e você possa espaçar os cuidados!

É possível aliar a regeneração ao cronograma capilar?

Se você está disposta a tomar as precauções necessárias e dar o tratamento adequado aos seus fios, o cronograma capilar pode ser de grande utilidade para guiar você. Veja bem, ele propõe uma ordem de aplicação de máscaras com determinadas funções.

Essa ordem é definida com base na estrutura das mechas, processos químicos utilizados anteriormente, bem como nos nutrientes que são perdidos com mais facilidade no dia a dia com a exposição ao vento, ao sol, à água quente e outros fatores.

O ideal é utilizar aplicativos para celular específicos para a montagem do cronograma, uma vez que a organização dos cuidados será mais eficaz, conforme os dados que você fornecerá sobre seu tipo de cabelo, rotina capilar, aspecto atual dos fios, entre outros detalhes.

Apesar da facilidade proporcionada pelos apps, você também pode escolher criar o seu calendário sozinha ou apenas conhecer a importância e funcionalidade de cada uma das etapas. Confira!

Hidratação

Como falamos anteriormente, esse é um estágio do cronograma que visa repor água, vitaminas e aminoácidos essenciais para acabar com o ressecamento, frizz e opacidade. Lembre-se que a hidratação deve ser realizada semanalmente, já que se perde com maior facilidade nas lavagens.

Nutrição

Pode ser um tanto controverso lavar os fios com shampoo para retirar a oleosidade e aplicar máscaras que contenham óleos vegetais na composição. Porém, é exatamente disso que se trata essa etapa.

O óleo de coco, de argan e outros são muito importantes para manter as madeixas com brilho, alinhadas e não porosas. Sua frequência deve ser intermediária.

Reconstrução

Apesar de todas essas fases serem essenciais para obter resultados incríveis, é preciso ter atenção na frequência de cada uma delas.

A reconstrução, por exemplo, não deve ser realizada em excesso. Sua função é deixar o cabelo fortalecido com o uso da queratina. No entanto, ela é capaz de torná-lo quebradiço se ultrapassar a quantidade adequada de uma ou duas vezes ao mês.

Onde encontrar os produtos adequados?

O ideal é buscar por uma loja que disponha de todos os produtos para salvar seus fios. Para isso, recomendamos acessar sites de confiança. Dessa forma, você pode comprar os itens a qualquer momento e no conforto da sua casa, sem falar que o preço costuma ser mais em conta.

A LM Gomes é uma ótima opção, uma vez que disponibiliza produtos profissionais de diversas marcas. Além disso, oferece diversos tipos de cosméticos: para maquiagem, cabelo e, até mesmo, para a barba.

Vale a pena investir na regeneração capilar, caso esteja com as madeixas extremamente danificadas, pois você pode recuperá-las de maneira profunda sem ter que cortá-las e esperar que cresçam. Assim, é possível aumentar a autoestima e se sentir muito melhor consigo mesma.

Gostou de descobrir como recuperar os fios sem sair de casa? Não deixe de conhecer também o Truss Uso Obrigatório, um produto prático e muito efetivo na regeneração capilar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *