Tesoura para cortar cabelo: quais são os principais tipos que existem?

Tesoura para cortar cabelo

Não é exagero dizer que utensílios certos são essenciais para o sucesso do tratamento de bem-estar e beleza. E não seria diferente com tesoura para cortar cabelo. No entanto, muitas pessoas não têm ideia do quanto cada material faz diferença no corte desejado.

Para resolver a questão, vamos dar dicas perfeitas para se sair bem na função, conhecendo as funcionalidades e os modelos específicos de tesoura.

Por fim, entenda quais são os principais cuidados para ter com a tesoura após o corte (como lavar, secar, lubrificar e verificar a capacidade técnica do material) e descubra quais as principais diferenças entre a tesoura para cabelo e a comum.

Com o material em suas mãos e o domínio do ofício, os resultados positivos serão alcançados facilmente. Então, comece a leitura agora mesmo e tire todas as suas dúvidas sobre tesouras para cabelo!

1. Importância da tesoura no corte de cabelo

Profissionais da beleza sabem o quanto é importante investir em acessórios e ferramentas adequadas para obter sucesso no serviço. E não seria diferente com a relação entre o corte de cabelo e as tesouras.

Para se ter ideia, há tesouras específicas para cada corte, seja mais geométrico, descolado, curto ou longo. Na busca pela perfeição, escolher o material que se adeque ao que você quer e saber manuseá-lo corretamente é uma regra.

Mas não é motivo para pânico: apostando em marcas de confiança e utensílios de qualidade, você consegue ter mais segurança na hora de cortar o cabelo!

2. Tipos ideais de tesoura para cortar cabelo

Você compreendeu como a tesoura é importante para chegar ao resultado esperado. No entanto, ainda não respondemos à dúvida da maior parte das pessoas quanto ao acessório: quais são os tipos ideais para cortar o cabelo?

Para resolver a questão, é possível elencar quatro principais tesouras (como a de fio laser, a navalha, a dentada e a térmica), as quais ajudam o cabeleireiro a ter precisão no seu trabalho.

Tesoura fio laser

Com a ação das microsserrilhas, a tesoura fio laser tem a função de prender a mecha para garantir que o corte seja o mais preciso possível, travando o fio e impedindo que ele escape enquanto o cabeleireiro conclui o trabalho na mecha.

Tesoura navalha

Diferentemente do tipo laser, a tesoura fio navalha tem lâminas lisas e bastante afiadas, cuja finalidade é dar mais deslize na hora do corte. Nesse sentido, esse material pode ser usado para desfiar mechas e conseguir mais movimento e leveza para os fios do cliente.

Tesoura dentada

Também conhecida como desbaste, a tesoura dentada é ideal para reduzir o volume do cabelo, sendo funcional para atingir uma finalização mais harmônica após a aparência reta deixada pela tesoura de fio laser.

Tesoura térmica

Fora as três principais variações do instrumento capilar, existe a opção de tesoura térmica, a qual tem a lâmina aquecida antes de cortar o cabelo. A temperatura da ferramenta, seu grande diferencial, pode variar de 110°C e 150°C.

Por fim, há no mercado, ainda, modelos distintos de tesoura, a exemplo do instrumento com encaixe giratório para a colocação dos dedos, o que dá mais conforto e precisão ao corte. Mas você sabe para que serve cada modelo desse acessório potente e tão necessário nos salões de beleza?

3. Para que serve cada modelo de tesoura para cortar cabelo

Até o momento, você identificou os principais tipos de tesoura, do fio laser à navalha, passando pela desbaste e a térmica, mas resta a dúvida: qual a utilidade de cada modelo? A resposta depende, necessariamente, do modelo escolhido, seja para obter um visual mais desconectado, seja para atingir um corte geométrico, seja para dar melhor finalização no trabalho.

Laser e aspecto geométrico

O acessório — mais conhecido entre as pessoas devido à aparência similar à tesoura com hastes retas — é comum em barbearias pelo resultado preciso no cabelo masculino. Porém, pode ser utilizado para ambos os sexos, pois geralmente o utensílio é usado para atingir um estilo mais geométrico (deixado pela ação das microsserrilhas), a exemplo do modelo chanel reto.

Mas atenção: outro ponto a se considerar na escolha da tesoura laser é a textura do cabelo, pois esse material é indicado para quem tem fios lisos, finos e com pouco volume. Para um resultado com mais balanço e movimento, recomenda-se a tesoura fio navalha, cujas lâminas têm melhor deslize nas madeixas.

Navalha e corte desfiado

Uma curiosidade sobre essa tesoura de lâminas finas e afiadas é que, a depender do desfiado pedido pelo cliente, existem diferentes potências para fazer o repicado no cabelo, desde modelos com 10% até 50% de mudança no visual.

Nesse sentido, a maior indicação de uso para tesoura navalha é para franja lateral e cortes repicados, nos quais se deseja um visual irregular e desconectado. 

Por outro lado, a navalha é ótima opção para quem tem megahair, uma vez que as pontas afiadas facilitam a adesão dos fios falsos aos naturais, homogeneizando o trabalho e tornando-o mais leve.

Deve-se ter cuidado, porém, com o manuseio das lâminas da navalha, pois podem deixar o cabelo mais cacheado e as pontas danificadas e espigadas.

Desbaste e acabamento

O desbaste (como a tesoura dentada também é conhecida pelos profissionais) faz referência, justamente, ao espaço entre os “dentes” dessa tesoura, que corta os fios de maneira irregular, ou seja, passando por mecha sim, mecha não. Ao final, o efeito mostra um cabelo com menos volume e melhor acabamento.

A ferramenta, desejada principalmente por quem mantém cachos e fios crespos, é indicada para cortes masculinos e femininos, desde que se faça o ajuste dos “dentes” do instrumento: tesouras com mais “dentes” têm maior funcionalidade em cabelos curtos, distribuindo o corte e deixando-o com melhor finalização.

Por outro lado, a tesoura dentada é indicada para cabelos com processo químico, seja alisamento, seja escova progressiva, no qual é necessário fazer uma renovação periódica das pontas, após alinhamento com tesoura fio laser.

É importante frisar, porém, que as tesouras fio laser, dentada e navalha podem ser utilizadas tanto em cortes distintos quanto no mesmo trabalho, a exemplo de uma franja mais geométrica (com a laser) e fios repicados (efeito da navalha, geralmente).

Térmica e resultado duradouro

A tesoura térmica é diferente das demais devido à temperatura da sua lâmina, que pode chegar a 150°C. Mas muitas pessoas não sabem que o calor pode ser uma ótima opção para os cabelos, pois a condição térmica é responsável por selar as pontas dos fios, tornando o resultado mais duradouro nas madeixas.

4. Cuidados com a tesoura para cortar cabelo

A tesoura é uma ferramenta essencial para o corte de cabelo, mas requer uma série de cuidados para não atrapalhar o serviço. Independentemente do modelo utilizado, siga um passo a passo após cortar as madeixas: para manter o acessório, faça a limpeza, a secagem e a lubrificação dele.

Lavar a tesoura

A primeira dica para manter a tesoura em bom funcionamento é a lavagem. Depois de finalizar o corte, lave o material com água morna e sabão neutro, mas tenho cuidado ao manusear o produto para que as pontas não encostem na pia e se danifiquem com o tempo.

Secar a tesoura

Com a tesoura limpa em água e sabão, é necessário fazer a secagem do objeto. Sabe como essa etapa deve ser feita? A resposta é simples: utilize uma toalha limpa e macia para enxugar o excesso de água no utensílio, secando-o completamente. Tenha bastante atenção para não deixar líquido nas lâminas da tesoura, pois a água pode causar danos e prejudicar a afinação do metal.

Lubrificar a tesoura

Por fim, é necessário lubrificar a tesoura. Para isso, abra o utensílio em um ângulo de 90° e goteje óleo na junta onde estão as lâminas. Faça movimentos de abre e fecha na junta para que a substância oleosa possa lubrificar bem a região, limpando fios, sujeira, produtos químicos e poeira acumulada.

Depois de concluir a lubrificação, que ajuda a melhorar a articulação do material, deixe a tesoura na bolsa para protegê-la da ação do ambiente. O hábito preserva tanto a articulação das juntas quanto a potência das lâminas, o que não ocorre quando se guarda o utensílio em caixas e sacos, nos quais os metais se danificam.

Outros cuidados

Antes de fazer o corte, verifique se a tesoura precisa de algum ajuste técnico. Em caso de lâminas menos afiadas, procure um cuteleiro para amolar a peça (lembrando-se de que a fio navalha e laser não precisam de amolação).

Por outro lado, algumas tesouras com sistema de parafuso começam a apresentar menos tensão com o tempo. Para reduzir o desgaste, você pode usar uma chave de fenda e ajustar a compressão, permitindo que as hastes fiquem devidamente unidas.

Caso o material apresente danos depois da limpeza, secagem, lubrificação e ajustes da peça, considere comprar uma nova tesoura.

5. Diferenças entre tesoura de cabelo e tesoura comum

Muitas pessoas confundem tesouras de cabelo e comuns, apesar de serem bastante diferentes em termos de modelo e funcionalidade. Para acabar com a dúvida, é importante conhecer alguns dos utensílios que são encontrados facilmente em casa e usados para cortar tecido, papel e as unhas, por exemplo.

Tesoura de tecido

A tesoura para cortar tecido é bastante comum na casa dos brasileiros e tem modelos específicos devido à sua funcionalidade. Com um ângulo mais reto de um lado e um ângulo inclinado na outra ponta, essa tesoura se destaca por ter uma lâmina ajustada que consegue exercer pressão em contato com o pano.

A diferença na espessura da lâmina metálica, em cada uma das duas hastes, faz com que o tecido não se dobre ao passar pelo corte.

Tesoura de papel

O hábito de cortar papel é muito indicado para pessoas que querem desenvolver habilidades motoras, sendo muito praticado por crianças no período escolar. Por isso, tal utensílio é tão popular e tão útil no dia a dia.

No entanto, o que geralmente o diferencia das tesouras profissionais de cabelo é a qualidade do material (mais barato e com menor resistência) e ângulos retos nos dois lados do fio, o que diminui a pressão do objeto sobre a superfície da folha.

Tesoura para unha

De forma similar, a tesoura para corte de unhas é um item indispensável em casa, apresentando particularidades frente aos outros modelos. A maior diferença desse material em relação aos de cabelo é o tamanho das hastes, pequenas e com ângulo levemente inclinado, podendo ser curva em alguns casos.

A curvatura desse tipo de tesoura é especial para obter o corte na unha, a depender do formato e da estrutura de queratina. 

Assim, percebe-se que tesouras comuns (seja para tecido, seja para papel, seja para unha) são diferentes em relação às de cabelo. Os objetos não profissionais têm menos angulação entre as lâminas, exercem menos pressão na superfície cortada e, normalmente, custam mais barato no mercado, devido à fragilidade do material.

6. Onde encontrar a tesoura para cortar cabelo ideal

Todo cabeleireiro precisa adquirir tesouras para cada corte desejado. Nesse sentido, é importante conhecer marcas que tenham renome no mercado e evitar cair em cilada na hora de montar os seus equipamentos. A LMGomes Cosméticos, por exemplo, oferece linha de tesoura para cabelo, entregando qualidade e um preço justo.

Nesse conteúdo, você descobriu por que é tão importante usar a tesoura de cabelo correta, quais os diversos modelos (como a fio laser, a navalha e a dentada) e suas funcionalidades. Fora isso, descobriu que apostar em marcas de renome e fazer a limpeza da tesoura aumenta o tempo útil dela e torna o seu trabalho impecável!

Agora que sabe tudo sobre tesoura para cortar cabelo, seja os diferentes tipos de material, seja as funcionalidades desse objeto na vida do cabeleireiro, entre em contato com a LMGomes Cosméticos e tenha acesso aos melhores acessórios para corte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *