Tipos de cabelo: quais são e como saber qual é o seu

tipos de cabelos

Você sabia que existem vários tipos de cabelos? Cada um apresenta necessidades diferentes e requer rotinas específicas de cuidados. Saber identificar o seu é muito importante para cuidar dele da forma correta, mantendo os fios saudáveis e bonitos.

As madeixas podem ser classificados como lisas, onduladas, cacheadas e crespas, sendo que para cada tipo existem ainda variações quanto à espessura, ao volume e ao brilho, conhecido como curvatura. Contudo, algumas características são comumente encontradas e podem ajudar você a identificar o seu cabelo, bem como entender de que forma cuidar dele.

Está com dúvidas sobre qual é seu tipo de cabelo e quais cuidados devem ser tomados? Então, continue lendo o post, pois vamos ajudar você a descobrir!

Tipos de Cabelos lisos

O cabelo liso (ou tipo 1) não apresenta ondulações e costuma ser mais sedoso e brilhante, pois a oleosidade consegue chegar até as pontas do fio. Ele pode ser classificado como fino, médio ou grosso. Pessoas com o cabelo fino apresentam um liso mais escorrido e geralmente sofrem com o excesso de oleosidade.

Para esse tipo de cabelo, é indicada a utilização de produtos que encorpem as madeixas e proporcionem mais volume. Já quem tem fios médios e grossos pode apostar em produtos mais leves.

É preciso ficar atento também ao uso de secador e chapinha, que podem ressecar facilmente as madeixas — lembrando-se de sempre utilizar um protetor térmico. O ideal é realizar uma hidratação semanalmente.

Como os fios são naturalmente mais oleosos, é preciso ficar de olho no excesso de produtos, para não os deixá-los com um aspecto ensebado. Condicionadores e óleos devem ser utilizados com moderação, somente no comprimento e nas pontas: nunca na raiz.

Por mais que haja variações dentro desse tipo, elas são bem sutis. Confira!

1A

Esse tipo de cabelo é aquele lisão natural, bem escorrido, que não tem uma só curva, como os da atriz Jessica Alba. Quem se identifica com ele sabe que é difícil colocar qualquer grampo.

1B

O tipo 1B também é escorrido e tem um aspecto menos certinho, mas ainda não chega a mostrar curvas. Exemplo disso é o cabelo da modelo Bar Refaeli. Dependendo da finalização, ele até consegue se assemelhar a um 1A.

1C

Você já reparou que alguns lisos são menos retos e mais curvados, às vezes até bem bagunçadinhos? Esse é o caso da Selena Gomez ou dos classificados como 1C. Porém, tal tipo de fio não chega a ter ondulações definidas.

Tipos de Cabelos ondulados

Já os cabelos com esse formato, também conhecido como tipo 2, apresentam uma ondulação em formato de S, porém com a raiz lisa. A abertura das ondas pode ser maior ou menor, de acordo com as subcategorias (A, B, C). Os fios ondulados são mais modeláveis, podendo ficar mais lisos quando escovados ou quase cacheados quando amassados.

Normalmente, tal tipo de fio é menos ressecado do que os cacheados e crespos, porém precisa de hidratações semanais. Portanto, quem deseja definir as ondas pode optar por cremes para pentear e ativadores de cachos leves, que vão dar mais definição sem pesar. Vale lembrar que o estilo do corte pode valorizar ou não a curvatura.

2A

Esta classificação já tem ondulações sutis ao longo do comprimento, como é o caso do cabelo da Kim Kardashian. Porém, se secar com a ajuda de um secador e dependendo da finalização, acaba ficando um pouco mais liso.

2B

O tipo 2B, ainda que apresente uma raiz bem próxima do liso, começa a ter ondulações mais definidas, porém abertas, bagunçadas e com maior volume (como as madeixas da atriz brasileira Juliana Paes). Secá-lo com um difusor é uma boa opção para quem quer valorizar o formato!

2C

Esta curvatura já é bem mais volumosa e começa a aparecer mais com as voltinhas dos cabelos cacheados, principalmente se finalizados adequadamente com um creme de pentear. Um bom exemplo é a atriz e humorista Sofia Vergara.

Tipos de Cabelos cacheados

Enquanto os cabelos do tipo 2 apresentam curvatura em S, os do tipo 3 formam voltinhas completas, com aparência de molas. Tal modalidade de fio tende a ser mais ressecada e apresentar frizz, pois a oleosidade natural do couro cabeludo demora para chegar às pontas. As madeixas também são volumosas e densas.

O ideal é que os cabelos cacheados sejam lavados apenas duas ou três vezes por semana, para evitar o ressecamento. A cada lavagem, é indicado o uso de um creme de tratamento ou uma máscara de nutrição e hidratação, para mantê-los sedosos.

Na finalização, recomenda-se utilizar cremes para pentear sem enxágue, que proporcionem definição e controle de frizz. Além disso, o uso do secador deve ser evitado, para não aumentar o ressecamento dos fios e tirar o formato natural.

3A

Esse tipo de cacho é um pouco mais solto, mas já começa a criar boas curvas (principalmente nas pontas). Os cabelos da atriz Débora Nascimento, por exemplo, têm variações na curvatura ao longo do comprimento e a raiz quase lisa. A partir dessa curvatura, o creme de pentear se faz indispensável para deixá-la mais evidente.

3B

Os cabelos 3B já apresentam ondulações na raiz, como o da atriz Jessica Szohr quando está natural e sem alisamentos. Por isso, ele já tem muito mais volume, com cachos médios, mais fechados e bem definidos. Porém, devido ao peso, os fios podem perder um pouco do formato quando ficam mais compridos.

3C

Nessa variação de madeixa, as espirais são ainda mais visíveis, sendo super definidas (se finalizadas com um bom creme de pentear, é claro!), com bastante volume e a presença de cachos na raiz. Quem conhece a cantora Madison Pettis já deve ter reparado!

Tipos de Cabelos crespos

Os cabelos tipo 4 (ou afros) apresentam a curvatura fechadinha e costumam ser mais secos e frágeis, quebrando com facilidade. Eles contam com o fator encolhimento — quando secos, aparentam ter o comprimento bem menor do que o real. Tais fios também são conhecidos por apresentarem muito volume.

Como requerem mais cuidados, é indicado realizar hidratações semanalmente e abusar de produtos com óleos na composição. A finalização também pode ser feita com creme de pentear e não é indicado o uso do secador.

4A

A partir do 4A, as curvas começam a ficar bem pequenininhas. Nesse tipo, os cachos se tornam bem apertadinhos e volumosos, já aparecendo definidos também na raiz — como os da atriz Taís Araújo.

4B

Nesta curvatura dos cabelos crespos, os fios nascem com um formato tão apertado que passam a perder a forma de molas e começam a lembrar um Z. Exemplo disso é o cabelo da cantora Solange Knowles.

4C

Já os fios 4C são bem fininhos e frágeis, além de geralmente apresentarem bastante volume por nascerem para cima. A curvatura em espirais não aparece mais, como os de Esperanza Spalding.

Além dos tipos de cabelo, outros fatores podem influenciar no aspecto e na saúde dos fios, como os agentes externos e o uso de química. Porém, conhecendo a estrutura do seu cabelo, fica mais fácil entender quais são suas necessidades, os cortes indicados e os produtos que vão mantê-lo mais bonito, entre outras características.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Aproveite para compartilhar este post nas redes sociais e fazer com que suas amigas também possam conhecer a própria curvatura do cabelo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *